Overtake Store

Turismo e esporte com a pandemia é possível?

Hoje batemos um papo com Everton Larronto, CEO da Maratonas no Mundo empresa focada em turismo esportivo. Com um conceito diferenciados, a Maratonas no Mundo busca levar os corredores além da tão sonhada prova; busca levar o turismo e o esporte ao pé da letra.

Com mais de 12 anos de experiência no mercado, Everton Larronto conta para nós como está levando seu negócio em tempos de pandemia e gostaríamos de saber o que esperar do turismo no esporte daqui para frente.

Acompanhe e boa leitura!

Seguimos com o turismo, esporte e pandemia

A Pandemia do Coronavírus afetou muitas atividades econômicas. Estabelecer um ranking de qual foi mais prejudicada é perda de tempo. No entanto, dois setores que movimentam muito dinheiro são impactados violentamente. O turismo e o esporte. Agora imagine para quem trabalha diretamente com os dois.

O setor do turismo praticamente parou. Basta ver o movimento nos aeroportos brasileiros. No mundo dos esportes, que ao contrário do que você pode pensar, não se resume aos jogos de futebol, o ano de 2020 foi perdido. Como será o futuro das corridas de rua daqui para frente? Maratonas no Mundo, que chegava a reunir cerca de 10 mil pessoas em um evento hoje precisamos nos adaptar.

”As agências de viagens poderão retomar com turismo interno, com pacotes rodoviários, ou mesmo viagens de menor distância”

Trabalhamos 100% focados com o turismo esportivo e com a pandemia ( COVID-19) o negócio foi impactado completamente. São quatro meses sem vendas e consequente precisei reduzir 50% dos nossos funcionários. As despesas seguem, conseguimos descontos temporários com aluguel e escritório de contabilidade, uma verdadeira estratégia de maratona para nos mantermos firmes e fortes.

Confira nossa matéria com o treinador Diogo Martins: Corrida, Covid e Vida

Burocracia e zero facilidades na pandemia

Um dos principais dramas que a Pandemia evidenciou foi a burocracia para acessar linhas de crédito e falta de perspectiva de apoio governamental ao segmento. Estou aguardando linha de crédito para empreendedores e linha turismo, mas ainda não se sabe muita coisa. Estamos sem respaldo no setor sobre viagens futuras. Muitos amigos proprietários de agências decidiram encerrar as atividades.

Para os negócios voltarem não basta o turismo reaquecer. Será preciso que o esporte tenha autorização para retomar as competições. As agências de viagens poderão retomar com turismo interno, com pacotes rodoviários, ou mesmo viagens de menor distância, dentro do país. No nosso caso temos que esperar também que os eventos retornem, o que não espero para 2020.

Vamos torcer para que tudo se ajuste para o ano que vem e que seguimos fazendo o que mais gostamos, correndo, fazendo turismo e nos divertindo.

Everton Larronto
CEO – Maratonas no Mundo / (51) 3237-5183 – (51) 99252-4969

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.